O Amor É Como Se Fosse Um Núcleotídeo

04 de Outubro de 2013 EMILIO SANCHEZ Poesias 271

O amor é como um núcleotídeo
Às vezes dissipa
Às vezes aumenta
Variabilizando os caminhos a serem seguidos

Quem sabe,quem vê
Não consome e nem consente
O valor que és
É como um grão pequeno que ao germinar
Poderá colher daqui a alguns dias,alguns meses ou daqui a alguns anos

Talvez tamanha veracidade
Que é o amor
Que não se desdenha,apenas reserva para aquele(a)que deverá ser amado(a)da melhor forma possível
Sobressaindo o que o bem deve ser utlizado

O amor pode quebrar barreiras
Como foste uma lei de física
O amor pode destruir fronteiras
Como estivesse em uma guerra
O amor pode estar somado
Como aplicada a uma lei matemática
O amor pode estar resenhado
Como se fosse uma aula de português qualquer
Porém nunca submetido a tais gravidades
Que o coração pede exige
O carinho de dois corpos abandonados
A um só embalo que consente em dizer 3 palavras
EU TE AMO!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 7 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 32


Poema Suado há 7 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 28


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


""Ser deficiente, não é o final"" há 1 dia

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13