O Amor É Como Se Fosse Um Núcleotídeo

04 de Outubro de 2013 EMILIO SANCHEZ Poesias 262

O amor é como um núcleotídeo
Às vezes dissipa
Às vezes aumenta
Variabilizando os caminhos a serem seguidos

Quem sabe,quem vê
Não consome e nem consente
O valor que és
É como um grão pequeno que ao germinar
Poderá colher daqui a alguns dias,alguns meses ou daqui a alguns anos

Talvez tamanha veracidade
Que é o amor
Que não se desdenha,apenas reserva para aquele(a)que deverá ser amado(a)da melhor forma possível
Sobressaindo o que o bem deve ser utlizado

O amor pode quebrar barreiras
Como foste uma lei de física
O amor pode destruir fronteiras
Como estivesse em uma guerra
O amor pode estar somado
Como aplicada a uma lei matemática
O amor pode estar resenhado
Como se fosse uma aula de português qualquer
Porém nunca submetido a tais gravidades
Que o coração pede exige
O carinho de dois corpos abandonados
A um só embalo que consente em dizer 3 palavras
EU TE AMO!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Cultivando Observações - 1 há menos de 1 hora

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 16


"É tarde demais" há 3 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 8


"Amada Amante"... há 3 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 4


"Eu queria" há 3 horas

Eu queria tanto beijar a tua boca e abraçar-te intensamente. Eu queria t...
joaodasneves Pensamentos 3


"Sabor dos teus beijos" há 3 horas

Parece que foi ontem vi-te passar naquela estrada Cruzei contigo um simpl...
joaodasneves Poesias 5


A BRUXINHA SEM VASSOURA (cordel infantil) há 4 horas

Em história de faz de conta Nada mais nos desaponta Do que uma feia...
madalao Infantil 7