Tanto amar

11 de Outubro de 2013 Sol Poesias 228

Queria cantar de coração inteiro
A tua chegada sorrateira,
Teu jeito manso de ser feliz,
Tua sabedoria imensa...
Queria sorrir um sorriso cheio
Em homenagem ao teu riso
franco e largo,
Numa doce boca, meigo gesto,
Em voz grave e palavras leves....
Queria refletir em meus olhos
A tua intensa luz,
A vibração sutil que me acolhe
Em meio à solidão dos meus erros....
Queria ser-te por inteiro;
No entanto, meu canto ainda é triste
E resiste em meio à dor
Dum passado um tanto presente
que habita o lago negro e profundo
A me afogar em águas tórridas
Pelas noites de chuva...
Assim, fiz-te essa meia canção...
Nela coloco a esperança dos meus dias...
A esperança de (re)aprender a sonhar
Com os teus sonhos;
A andar pelo teu caminho;
A amar pelo teu amor.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
O CAMELO QUE DECLAMA NO ZOOLÓGICO DE RECIFE há 2 horas

O poeta quando escreve seu trabalho inspirado faz a narração dos fato...
carlosale Cordel 6


A madrugada… há 12 horas

A madrugada e eu temos um romance a longo prazo… Nos entendemos e nos cu...
anjoeros Poesias 14


Vou tatuar a tua boca... há 12 horas

Quero tatuar na tua boca Meu beijo mais safado, mas também apaixonado, ...
anjoeros Poesias 8


Quero te pegar para mim...Capítulo 3 há 12 horas

Capítulo 3: Eu te quero pra mim e não vou abrir mão... Toco a campain...
anjoeros Prosa Poética 9


Quero te pegar para mim...Capítulo 2 há 12 horas

Capítulo 2: A expectativa mata... Meio dia. Nossa, nem acreditei quando...
anjoeros Prosa Poética 7


Quero te pegar para mim...Capítulo 1 há 12 horas

Capítulo 1: Decisão tomada, arrependimentos posteriores... Mais uma no...
anjoeros Prosa Poética 9