POEMA EM LÓ

20 de Julho de 2011 Abreu Poesias 333

Não te prometo somente buscá-lo
O que queres, desejo possuí-lo
E tocá-lo bem fundo, no fundo d'alma
Pois já estou, teu corpo, a invadi-lo
E escondê-lo de quem nunca se cala
Sonhando, acordado, sempre a almejá-lo

Fatalmente encontrarei, oh! Ló
E o além-amor, vou conquistá-lo
Mesmo que chegue, extenuado
Ao último botão da flor desabrochada
E ao tocá-lo, ter a paixão renovada
E com especial louvor, a ti, ofertá-lo

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Cultivando Observações - 1 há menos de 1 hora

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 16


"É tarde demais" há 3 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 8


"Amada Amante"... há 3 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 4


"Eu queria" há 3 horas

Eu queria tanto beijar a tua boca e abraçar-te intensamente. Eu queria t...
joaodasneves Pensamentos 3


"Sabor dos teus beijos" há 3 horas

Parece que foi ontem vi-te passar naquela estrada Cruzei contigo um simpl...
joaodasneves Poesias 5


A BRUXINHA SEM VASSOURA (cordel infantil) há 4 horas

Em história de faz de conta Nada mais nos desaponta Do que uma feia...
madalao Infantil 7