Te roubei um beijo e vi em teus olhos o mesmo desejo...desejo de me ter, e tendo a min com medo de ser infeliz.

Menina dos olhos cor de mel porém amargos como fel...olhos tristes e vazios...olhos desesperados presos em seu mundo criado por tua solidão.

Ao tocar meus lábios nos teus eu pude sentir teu beijo amargo que dos meus lábios sentia o doce sabor do pecado.

Tuas lágrimas desciam sobre sua face ao encontro de nossos lábios...meus olhos inocentes choravam também.

Na inocência de nossos beijos teus olhos brilhavam e os meus se humilhavam diante dos teus.

No momento em que eu ia dizer te amo você me beijou retirando aquele beijo que da tua boca a minha roubou.