Que amor é esse?


 que sofre
incondicionalmente por mim


numa angustia e
palida dor 


tal qual nem
mesmo todos os homens


juntos possam
suportar


quem é esse?


que carregou


os fardos
abominaveis de todos os tempos


em silencio teceu
as vestes do amor


compõs as canções
da misericordia


escreveu em
tintas de sangue


todas as novas
historias


de tantos velhos
humanos


trapos
encharcados na agua


maldita do pecado
que dilacera


Quem é esse?


De duras dores
extrai o alento


da ofensa e
afronta


o eterno alimento


por fim, de uma
vergonhosa morte


concede a sublime
vida


para sempre uma
eterna reconciliação


esse é a estrela
da manhã


o Emanuel


Deus conosco


o que Reina e
Vive para sempre


CJJ