Numa noite estrelada
Eram só gargalhadas
Um cheiro animal
E uma cara engraçada
O pipoco salgado
Do ex-milho no pátio

Dentro da tenda mágica
Um mundo novo tão lindo
De cores tão vibrantes

Com chicote e uma cadeira
Assusta um leão tão grande
Onde uma cara com tinta
Se torna vida constante
Todo dia no palco
De um mero imigrante.