Libertai-vos dos grilhões do odio

acendeu a lampada do amor

deixai as correntes que prendem nossa bondade

armai-vos da mais pura humildade

amar ao nosso semelhante

isso sim é importante

sair de nossa propria prisão

liberdade é estender a mão

e não podemos isso fazer

se elas estiverem algemadas

Libertai-vos da vossa propria razão

semeai a justiça no coração

levantai aqueles que estão caidos

untai as chagas de quem está ferido

abraçai o vosso amigo

bendizei sempre vosso inimigo

firmai a esperança do desesperado

atai o animo dos despedaçãdos

essa é tua missão

Livrai-vos dessas correntes antigas

criai para vos veredas benditas

protegendo o desarmado

dai força ao desamparado

porque se almejas um mundo melhor para ti

precisas ser bondoso aos outros

O caminho do proximo pode ser teu caminho

se semeares lá, para ti mesmo colherás

Libertai-vos do vosso egoismo

tirai vossos pés desse abismo

construi para vós a dignidade

semeai vosso campo com ardor

as lindas sementes do amor

porque amando a todos viverás

vivendo porém, olhai

Que o futuro é feito com os fios

que tecemeos com nossas mãos

no presente