POR ONDE ANDAS MEU HOMEM !!!

03 de Novembro de 2013 selda kalil Poesias 274

Ausente, sempre ausente !
Procuro-te...Só encontro o vento
Vago pelas calçadas...
Só encontro folhas espalhadas pelo chão
Vago pelo mar...
Só encontro a fúria das ondas
E o uivo dos ventos
Volto adentro a minha casa
Só encontro o meu abstrato
Que se chama solidão
Por onde andas meu homem !
Ausente sempre ausente !
Sinto o seu olhar que se adentras ao meu ser
Que me cegas dentro da minha ótica ilusória.
Sinto seu abraço que me aperta
Deixando em mim uma alegria tola
Que meu coração se ilude achando-se que es feliz.
Ausente, sempre ausente...
Dentro do meu quarto há uma cama
Onde rolo junto aos meus travesseiros
Que indiscutivelmente são meus parceiros.
Por onde andas meu homem!
Ausente, sempre ausente !
Procuro -te... Só encontro o vento.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 14 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 38


Poema Suado há 14 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 32


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


""Ser deficiente, não é o final"" há 2 dias

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13