POR ONDE ANDAS MEU HOMEM !!!

03 de Novembro de 2013 selda kalil Poesias 271

Ausente, sempre ausente !
Procuro-te...Só encontro o vento
Vago pelas calçadas...
Só encontro folhas espalhadas pelo chão
Vago pelo mar...
Só encontro a fúria das ondas
E o uivo dos ventos
Volto adentro a minha casa
Só encontro o meu abstrato
Que se chama solidão
Por onde andas meu homem !
Ausente sempre ausente !
Sinto o seu olhar que se adentras ao meu ser
Que me cegas dentro da minha ótica ilusória.
Sinto seu abraço que me aperta
Deixando em mim uma alegria tola
Que meu coração se ilude achando-se que es feliz.
Ausente, sempre ausente...
Dentro do meu quarto há uma cama
Onde rolo junto aos meus travesseiros
Que indiscutivelmente são meus parceiros.
Por onde andas meu homem!
Ausente, sempre ausente !
Procuro -te... Só encontro o vento.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
A Morte Em Cartaz, Cap 1 há menos de 1 hora

Prólogo Periferia de Atlanta, Quinta-feira, 23hrs:17min Marion re...
lordemoura Acrósticos 6


Sociedade Desalmada há 1 hora

Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta...
a_j_cardiais Poesias 25


LUSO-BRASILEIRO - Des-História Universal há 4 horas

LUSO-BRASILEIRO Assim como a cor d'olho não colore Aquilo que se tem ...
ricardoc Sonetos 6


Uma Tal Pedra há 21 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 24


Mundo da Gataria há 22 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 45


A história do amor há 22 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 35