Joguei pesado
Acertei em cheio
Meus dados rolam-se,
e colorem minha mente
Passo,repasso, jogo, açoito.
Que vida doida
Uma hora estou cá embaixo
Outrora estou lá acima
Ponho meu vestido de seda
Calço meus saltos
Desfilo em passarelas
Tem-se sorte, me firmo de pé.
Se não, tiro as sandálias.
Fica-se descalça
Mais fácil descer-se
Peço um drink,
Esquenta-se meu coração.
Meus dados rolam-se,
pedindo bis para mais uma solução.
Se ganho fico leve e solta.
Perde-se, me curto com água e limão.
Não sei me adoçar,
quando não posso ganhar
Continuo solta...
Sou mulher, sou guerreira.
Rolo meus dados
Deixo a vida me levar
Horas estou no salto
Outrora descalça.
Ainda sinto seu perfume
Aquelas noites de sorte,
deixaram-me extasiadas.
Ainda sou uma mulher de sorte!
Rolo meus dados...
Espero acontecer!!!