ESTRADA SEM TETO

06 de Novembro de 2013 selda kalil Poesias 278

Amar-me não é tão difícil assim!
Só precisa mesmo é me amar de verdade
Quero um amor que seja todo meu
De forma leal e com meras cumplicidades
Já rodei o mundo a procura deste amor
Sinceramente não encontrei!
E o certo é a incerteza em encontrar este tal
Pois homens de verdade, leais e cúmplices são raridades
Ah...amados!Se não agirem entrarão no mundo das extinções
Sinceramente falando... E não de fato me lamentando
Somos mulheres e mulheres necessitam serem amadas
Se não acham-se competentes para tal
Cortem a fila e saiam do caminho
Porque atrás tem gente
Se a ficha não cai
Morrerás no meio da estrada!!!
Estrada não tem teto.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
LUTA ARMADA há 6 horas

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 4


Paz Celestial há 17 horas

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 11


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 1 dia

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 55


Poema Suado há 1 dia

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 44


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 19


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 1 dia

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 12