A voz e o silencio

08 de Novembro de 2013 Pr CJJacinto Poesias 214

Escutei o vento soprando

um menino lamentando

ouvi a voz da terra

a tarde que se encerra

uma e outra vez

sonidos de carros passando

o céu azul nublando

ouvi e vi as cores

valentes de desertores

gente que ia partindo

outros que iam chegando

vi, ouvi e entendi

coisas que ganhei

outras que perdi

mas ainda ouço no horizonte

as aguas que fluem da fonte

o passado que ficou escondido

nas estranhas desse tempo tão louco

que faz a gente viver

muito e pouco

e por fim

ouvi apenas meu coração

que em soluços, prantos e uma canção

adormeceu no leito

lá dentro do meu peito

pra descansar em paz


Leia também
Cultivando Observações - 1 há 1 hora

Eu vivia arrastando silêncios, pelas plataformas da vida. Agora dispenso...
a_j_cardiais Poesias 16


"É tarde demais" há 3 horas

Não há mais tempo Não adianta agora chorar É tarde demais. É tarde ...
joaodasneves Poesias 8


"Amada Amante"... há 3 horas

A primavera chegou, sai como sempre o dia estava bonito, o sol brilha...
joaodasneves Prosa Poética 4


"Eu queria" há 3 horas

Eu queria tanto beijar a tua boca e abraçar-te intensamente. Eu queria t...
joaodasneves Pensamentos 3


"Sabor dos teus beijos" há 3 horas

Parece que foi ontem vi-te passar naquela estrada Cruzei contigo um simpl...
joaodasneves Poesias 5


A BRUXINHA SEM VASSOURA (cordel infantil) há 4 horas

Em história de faz de conta Nada mais nos desaponta Do que uma feia...
madalao Infantil 7