Momentos e lamentos

11 de Novembro de 2013 Pr CJJacinto Poesias 204

Se teu tempo passa

se arrasta

como um torvelinho e leva

para longe se eleva

sai das tuas mãos

fugindo

como se para algum lugar

estivesse indo

o tempo vai

do momento sai

não fica parado

faz teu presente

virar passado

se não te cuidas

vives sem percepção

esse tempo que foge

das tuas mãos

será um ontem terminado

o que resta?

senão apenas um futuro 

que não podes ver

um amanhã

que não podes chegar

viva o agora

intensamente

porque o futuro tu não tens

e o passado foi embora

Clavio Jacinto


Leia também
"Minha humilde casinha" há 1 dia

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 15


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 54


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 13


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 14


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 10


Separação há 2 dias

Pensei que separação fosse fácil... Que fosse só deixar seu amor, e ...
a_j_cardiais Poesias 51