Pescador de estrelas

01 de Dezembro de 2013 Crislambrecht Poesias 694

Todas noites

saio para pescar

e lanço ao céu

o meu olhar

Aguardo com paciência

pescaria é esperar

calmaria é a essência

para ver a estrela passar

Risco no céu

luz na escuridão

caiu mais uma estrela

se findou a solidão

Nem tocamos o chão

vivemos nós a voar

em nossa direção

nascidos para sonhar

Distante estrela sem ninguém

vive alegre perdida no espaço

pois na terra existe alguém

apreciando sua luz, como eu faço.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 14 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 38


Poema Suado há 14 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 32


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 10


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 17 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


""Ser deficiente, não é o final"" há 2 dias

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13