Todas noites

saio para pescar

e lanço ao céu

o meu olhar

Aguardo com paciência

pescaria é esperar

calmaria é a essência

para ver a estrela passar

Risco no céu

luz na escuridão

caiu mais uma estrela

se findou a solidão

Nem tocamos o chão

vivemos nós a voar

em nossa direção

nascidos para sonhar

Distante estrela sem ninguém

vive alegre perdida no espaço

pois na terra existe alguém

apreciando sua luz, como eu faço.