Ventos e Luzes

04 de Dezembro de 2013 Pr CJJacinto Poesias 199

Soprai sobre meu ser

a face calida de meus desanimos

eis que aquela distante estrela se apagou

mas não foi minha culpa

sopra sobre mim esse halito

até que as velas se acendam

uma por uma

como se fosse uma estrada de luzes

mas ai de mim...

pois vem a aurora

as chams de breves luzes 

se findarão, pois sempre uma luz maior

vence as que lutam para não se apagarem


Leia também
NA REBORDOSA há menos de 1 hora

NA REBORDOSA Acordo e já começa a girar tudo... Olhos cerrados contra...
ricardoc Sonetos 4


PLEONÁSTICO n°2 há 21 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 22 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 5


A rua me aceita como sou há 1 dia

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 77


Não seja superficial há 1 dia

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 90


"Dia do amor" há 1 dia

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 14