Meiga mulher

27 de Julho de 2011 Diogo Carmona Poesias 2392

Você é aventura
É aproveitar a vida,
É sentir cada momento.

Você é ousadia,
É acreditar no impossível
Sem medo de ser feliz.

Você é coragem
Que me faz seguir adiante
Quando todos param.

Você é espontânea
E mesmo agindo por impulso
Já tem tudo calculado.

Você é silêncio
Que fala alto em meu peito
Com um simples olhar.

Você é serenidade
Que a calma meu coração ansioso
E me enche de felicidade.

Você é alegria
Que cativa por onde passa
Com seu ar de poesia.

Você é esperança,
É saudade, é lembrança
De um tempo de paz.

Você é sensível,
È carinhosa e compreensível,
Uma meiga mulher.

Você é linda,
Tem olhos de criança
E boca de menina,

Só não posso lhe dizer que és tudo
Pois nem tudo me fascina.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
O CAMELO QUE DECLAMA NO ZOOLÓGICO DE RECIFE há 4 horas

O poeta quando escreve seu trabalho inspirado faz a narração dos fato...
carlosale Cordel 6


A madrugada… há 14 horas

A madrugada e eu temos um romance a longo prazo… Nos entendemos e nos cu...
anjoeros Poesias 14


Vou tatuar a tua boca... há 14 horas

Quero tatuar na tua boca Meu beijo mais safado, mas também apaixonado, ...
anjoeros Poesias 8


Quero te pegar para mim...Capítulo 3 há 14 horas

Capítulo 3: Eu te quero pra mim e não vou abrir mão... Toco a campain...
anjoeros Prosa Poética 9


Quero te pegar para mim...Capítulo 2 há 14 horas

Capítulo 2: A expectativa mata... Meio dia. Nossa, nem acreditei quando...
anjoeros Prosa Poética 7


Quero te pegar para mim...Capítulo 1 há 14 horas

Capítulo 1: Decisão tomada, arrependimentos posteriores... Mais uma no...
anjoeros Prosa Poética 10