Como pode ser assim tão surreal.

Agora vejo um caminho a seguir.

Minha vida era cheia de tanta coisa inútil e quando tudo isso se foi, encontrei um tesouro.

Infelizmente nem todo tesouro achado tem dono, e sabia que aquele jamais teria um.

Lá fui eu, o tesouro a zelar, nunca me pertencera, mas tão meu.

A minha escolha mais sábia.

Sempre fui assim, agarrado a sorrisos e nem sempre a atitudes.

Antes viva a observar e procurar tesouros perfeitos, mas nunca encontrei  tesouro algum que me fosse perfeito, logo me encontrei com um tesouro, diferente de qualquer coisa que já tinha visto.

Logo encontrei a diferença que procurava, e me perdi.

Gostava tanto de observa-lo de longe, aprecia-lo. Ué que mal tem se apaixonar por um tesouro ?

Esperei tanto tempo por esse sorriso e essa energia que é vital para mim. Ignoraria o mundo se seu sorriso me pedisse. Raros seriam os dias que não iria te fazer rir, só para esse seu sorriso lindo esbouçar.

Ontem eu jurei não me entregar, mas hoje quero apenas fazer aquilo que importa, seja lá o que tenha sido ou tem para ser.