Reconheça-se e mude

29 de Julho de 2011 Diogo Carmona Poesias 394

O estresse é uma reação orgânica
Que atrapalha a vida da gente
Formando uma personalidade
Que as outras pessoas não entendem,

Basta um simples “Bom dia”
Para arrogância começar
E sem medir palavras
Fala tudo sem pensar,

A paciência tem de ser vital
Com quem possui estresse,
Porque, por fora, pode até não parecer
Mas por dentro, sofre da cabeça aos pés

Mas, dizem que estresse é bom,
Se for bem equilibrado,
Nos dá força para lutar
E vencer os obstáculos.

Não permita que seu estresse
Seja o espelho de suas ações
De seus pensamentos e reflexões
Que te façam quem não és,

Livrai a mente desse mal
Deixando-o pouco que lhe convêm,
Isso é o essencial
Para viver assim de bem

Dance cantando, sorria brincando,
Aprenda a se cuidar,
E o estresse que te domina
Nunca mais dominará!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
ETERNAL (rondó) há 1 hora

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 5


Sintomático há 6 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 26


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 66


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 16


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 31