Amor nenhum

18 de Dezembro de 2013 Ullisses Salles Poesias 272

Quero alguém, mas não qualquer pessoa.
Pode até ser amor, apenas a parte boa.
Que dure uma vida inteira,
Mas não além da sexta-feira, senão enjoa.
Que seja diverso, e igual a mim.
Igual a mim, mas sem os meus defeitos,
De preferência sem defeito algum.
Quero todo dia um amor diferente.
Diferente de nenhum.

Ullisses Salles


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ullisses Salles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
" Amar é" há 2 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 4


PAU DE FITAS há 7 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 7 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 11 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 32


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 12 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 17 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16