Me deixa falar, me deixa berrar.
Me deixa dançar, tropeçar, cantar, desafinar.
Me deixar viver esse carnaval de cores e de notas.
Deixa eu sonhar como um idiota.