A garota sem rosto

22 de Dezembro de 2013 Nefelibata Poesias 370

Avistei uma garota...
Corpo raro, fino,
Qual a nota das cordas
De um violino.

Passava de carro, que barra!
Olhei para trás, no crítico impasse...
Eis que o vento, em súbita farra,
Sopra-lhe os cabelos a cobrir-lhe a face.


Leia também
NA REBORDOSA há 1 hora

NA REBORDOSA Acordo e já começa a girar tudo... Olhos cerrados contra...
ricardoc Sonetos 4


PLEONÁSTICO n°2 há 21 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 23 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 5


A rua me aceita como sou há 1 dia

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 79


Não seja superficial há 1 dia

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 91


"Dia do amor" há 1 dia

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 14