Dias de amor

25 de Dezembro de 2013 Leonardo Koury Poesias 182

Os dias chegam

Os medos persistem,

Ao olhar teus olhos

Nada mais lindo existirá.

Quantas manhãs

Se passaram.

A vontade resiste.

Náo há nada que

O amor não supere.

Contigo vou estar.

É ilusão achar que

A vida é feita de dias

De amor.

De que a poesia

Também não é feita

De dor e saudade.

Mas quando podemos

Nutrir nossas vontades,

Ter dias como esses.

Nada deve se rejeitar.

Vou querer te ver

E dançar ao teu lado.

Desejando teu corpo

Acalentando teu coração.

Dias assim não deveriam acabar.

Afinal algum dia estarei morto.

Mas o que vivi será lembrado.

Seja em memória, poema ou canção.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 1 dia

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 10


Principio há 1 dia

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 9


Viandar há 1 dia

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 9


Fluxo do tempo. há 1 dia

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 10


Sou há 1 dia

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 10


Ame...! há 1 dia

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 8