Quem não dança

Não tem esperança

Não verá o amanhã.

Mil versos de amor

Tiram de um coração apaixonado

Aquilo que persiste calado.

Que por não dizer vira passado.

E tudo que passou pode não surgir.

Faz o amanhã deixar de existir,

Mas eu tenho algo a te dizer.

Sorrisos agora são mais sinceros

Pois depois de lhe conhecer

Conservar tais sentimentos

Bagunçar seus pensamentos

Pode até não parecer

Mas sem dúvidas 

É o que eu mais quero.

Só haverá o amanhã

Quando o hoje não

Cessar.

Não conheço os caminhos

Mas não estou sozinho,

Contigo quero caminhar.