Navegante

25 de Dezembro de 2013 Marlon Costa Poesias 250

Viagens….


Em câmara flutuante


Numa tempestade de ideias.


Mil delírios, devaneios


Num febril estado quântico,


Onde cada parte se liga ao todo,


Eu me encontro.


Divisível em imagens, matéria e
pulsação.


Energia vital em expansão,


Anos-luz nos distancia


Da grande criação.


Hoje, navegamos no espaço


Sem, no entanto, dar um paço.


Preciso saber quem sou,


Para aonde vou, onde estou.


Preciso!

Marlon Costa

àrnamirim/RN, 26.12.2013




Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 22 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 dia

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 7


No Vento da Literatura há 1 dia

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 38


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 15


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 10


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 11