Faz de conta que nada aconteceu.
Que você não foi embora,
E nosso filho não nasceu.

Faz de conta que ainda estavas perdida
Quando me conheceu
E que juras me amar sem se preocupar com a hora...

Faz de conta que nosso amor está crescendo
Que meu jeito aguça teus desejos
E o nosso amor só está amanhecendo.

Faz de conta que nossos sonhos não são meros sonhos.
São a certeza de uma busca incansável da felicidade
Que nos objetiva a viver sem saudades
E que jamais cogitamos viver como estranhos!

Faz de conta que queremos publicar nosso amor
Numa forma que todos possam perceber:
Nos unirmos, construir nosso lar, sofrer um pouco a dor,
Mas felizes trazermos à existência um novo ser.

Faz de conta que ainda nos ame!
Que tudo o que desejamos e fizemos com amor,
É este o resultado: nosso filho que por você chama
Que ao me abraçar, sente a mim, mas anseia teu calor!