Vida Eterna

30 de Dezembro de 2013 Mostradanus-Gyn Poesias 213

VIDA ETERNA


Luiz Bento-Abril de 2000
Em Goiânia.
O ser humano racional
Sentimental
Procura a vida eterna
Olhando profundo
Quase moribundo
Perdido nesse mundoimundo
Procura um Amor sincero
Que seja eterno
Olha o azul do infinito, bonito!
Mas esquisito
E tece inúmeras fantasias
Imaginando maravilhas
Procura e compra a vida após a morte
Sem que nada mais importe
Milhares e milhares de anos
São passados
E somente alguns profanos aloprados
Percebem que a eternidade
Que buscamos
Na espiritualidade
Sempre esteve presente em carne e osso
Em torno de nosso leito de morte:
São os nossos filhos, a nossa sorte,
Nossa vida depois da morte
Essa é a mágica simples e bonita
Especula a teoria espírita
Pois sem matéria não há vida
E sem matéria nada se explica
E tudo apenas se complica.


Leia também
Obedecendo o Vento há 7 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 26


"Verão na Europa" há 10 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 5


"Maria Emília" há 11 horas

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 7


"Sou" há 12 horas

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 7


"Livro sem letras" há 14 horas

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 8


Amor há 16 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 8