VIDA

01 de Agosto de 2011 Abreu Poesias 419

Cercado amado nasceu

Em elogios mil apareceu

Dente rasgou degustava

Gritou: “Vovô!”

Descobria brincava corria

Caía machucava

Ria levado levantava

Crescia amava

Perda manifestava

Sentia gritava

Trabalhava sorria

Criava sofria

Dores corriam

Recorria recriava

Chorava corroía

Lamentava vivia

Acomodava a incomodar

Abandono chegou

Surtia em desamparo

Coração latejou

Ninguém se comoveu

Olhar marejou

Sozinho morreu

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 5 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 12 horas

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 5


No Vento da Literatura há 13 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 29


Bendito Amor Eterno há 1 dia

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 12


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 7


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 10