sou um pouco quente um pouco frio
porque a vida às vezes me é esquisita.
sou um pouco tudo um pouco nada
porque o vazio às vezes me visita.
sou um pouco democrático um pouco autoritário
porque a ordem às vezes me é dita. 
sou um pouco amor um pouco ódio
porque a honestidade meu coração habita.
sou um pouco isso um pouco aquilo
porque sou de gêmeos e assim é a vida.
duka/bauru/2011.