Passeio

22 de Janeiro de 2014 ROOSEVELT Poesias 339



PASSEIO...





Aquele lugar era um quadrilátero.



O meu andar era trôpego como de um etílico descendo
um beco escuro.



As pessoas sonham com o bem.



Contudo, estão presas em cantos de cimento de
concreto e pedra.





Meus pés calçados de nudez e carne trêmula,



Não se cansam de caminhar na mesma longitude e
latitude.



Desgastam-se sem consolo pela força de sua
licitude.



As solas de meus sapatos se desgrudam do mesmo como
a manteiga derretida pelo sol.



Preciso de ti; não sei quem és; a espera, o
silêncio, o desconfiar é minha atitude.



Ou quem sabe, preciso eu de uma mula que me suporte
o peso da solidão.





Os homens buscam companhia.



Uma voz que lhes quebre o silêncio da impessoalidade
urbana.



O passeio na praça à tarde é rotina;



E esta em meu estômago é suco gástrico e azia.





As cidades têm suas praças.



Seus homens; seus passos.



Eu mesmo não disfarço.



Grito sobre seus bancos minhas desgraças:



“Essa é a sorte dos filhos de Adão!”



Meu amigo onde está tua mão?





O mundo tem mais pessoas e menos gente.



Tem mais passeios que corações contentes.



Suas faces se escondem em máscaras;



Máscaras que caminham até o poente.



No fim do dia, o passeio acaba...













Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 15


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 13


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 15


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 13


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11