Passeio

22 de Janeiro de 2014 ROOSEVELT Poesias 332



PASSEIO...





Aquele lugar era um quadrilátero.



O meu andar era trôpego como de um etílico descendo
um beco escuro.



As pessoas sonham com o bem.



Contudo, estão presas em cantos de cimento de
concreto e pedra.





Meus pés calçados de nudez e carne trêmula,



Não se cansam de caminhar na mesma longitude e
latitude.



Desgastam-se sem consolo pela força de sua
licitude.



As solas de meus sapatos se desgrudam do mesmo como
a manteiga derretida pelo sol.



Preciso de ti; não sei quem és; a espera, o
silêncio, o desconfiar é minha atitude.



Ou quem sabe, preciso eu de uma mula que me suporte
o peso da solidão.





Os homens buscam companhia.



Uma voz que lhes quebre o silêncio da impessoalidade
urbana.



O passeio na praça à tarde é rotina;



E esta em meu estômago é suco gástrico e azia.





As cidades têm suas praças.



Seus homens; seus passos.



Eu mesmo não disfarço.



Grito sobre seus bancos minhas desgraças:



“Essa é a sorte dos filhos de Adão!”



Meu amigo onde está tua mão?





O mundo tem mais pessoas e menos gente.



Tem mais passeios que corações contentes.



Suas faces se escondem em máscaras;



Máscaras que caminham até o poente.



No fim do dia, o passeio acaba...













Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
REMEXENDO OS GUARDADOS há 11 horas

Entre as páginas amareladas Dum velho romance de amor Guardei a carta pe...
madalao Poesias 11


CLAMOR ( rondel) há 11 horas

Justiça! Vivo clamando aos quatro ventos. Silêncio! Porque resposta eu n...
madalao Rondel 5


OH HOMEM! (rondel) há 11 horas

Oh homem! Teus calores me agitam, E meu corpo fica em estado convulsivo. ...
madalao Poesias 7


E AGORA? (rondel) há 11 horas

E agora? Que podemos fazer? Remediar é coisa que não adianta. O mal f...
madalao Rondel 7


CORPOS UNIDOS há 11 horas

E me puseste no teu leito, Com cuidados de amante perfeito. De desejos mi...
madalao Poesias 7


Defensoria há 23 horas

Estou como os advogados: procurando brechas, nas leis do sistema, para d...
a_j_cardiais Poesias 40