Cortar-te a carne quero
Com meus dentes de marfim
Marcar-te a pele com esmero
Morder-te à noite, até o fim...

Enrolar-te em pernas e abraços
Vestir-te com cálidos, doces beijos
Úmida linha à boca te traço
Domínio de ardor, desejo...

Tresloucas tua mente no corpo meu
E devaneias fora de ti o prazer
Que nasce do corpo seu...

Que me importa se tu me bates
Me mordes ou me beijas?
Pois de ti faço o quero que sejas!





___________________________________________________
http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=31175
___________________________________________________