VENCER

É no medo que se encontra à força.
Não é escapando assustado, do laço da forca.
É na vida que reside à sorte.
Não é fugindo do aperto, do abraço da morte.

É inspirado na lua que se busca o amor.
Não é escapando do sol, que se amena este calor.
É na clareza do escuro que se obtém a visão.
Não é fugindo da luz, que se engana a ilusão.

É na realidade que se esbarra com os sonhos.
Não é escapando da fantasia, que se abrem os olhos.
É no horizonte que se conquista o futuro.
Não é fugindo do presente, que se transpõe este muro.

É no sacrifício que se depara com a verdade.
Não é escapando da mentira, que se supera a maldade.
É na batalha diária que se consegue a vitoria.
Não é fugindo da luta, que escrevemos a história.

É no sossego da mente que se merece o descanso.
Não é escapando da crueldade, que se afasta este pranto.
É na riqueza da alma que se ganha à humildade.
Não é fugindo da pobreza, que se alcança a felicidade.

Cláudio A Broliani