Saudades Da Minha Odalisca

22 de Fevereiro de 2014 AdrianaVersus Poesias 240

Eu sou a canção que me soma

Da tua beleza faço poesia

Do teu olhar me vejo mais ardente

Eu sou seu coração, minha fantasia

Eu sou sua máscara

Chego num instante minha odalisca

Belos tempos, do chá da xícara de

Porcelana, depois beijos, toda linda.

Olha! Bem fundo olha, passa a mão nos

Meus cabelos negros,delicia meus caracóis

Na luz meus olhos são brilhantes, sou pérola

No outro dia, outra vez tua poesia.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
ETERNAL (rondó) há 7 horas

ETERNAL (rondó) Não o poeta, sim a poesia Em cada verso haveria- De ...
ricardoc Poesias 5


Sintomático há 12 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 37


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 3 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 78


"Bailei com a solidão" há 3 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 16


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 3 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 31