Tuas palavras a minha esperança

Alento da minha alma que te clama

Estou indo, em vosso caminho seguro

Juntos, por um olhar além do tempo



Associo-me na vossa esperança

Seguro em um olhar em sete ventos

Porque clama a minha alma nesse alento

Eu relento, seguirei sempre, junto a ti



Por tuas palavras ser meu alento seguro

No olhar junto ao teu tempo, a esperança

Estou partindo, ao vosso encontro

Seguindo sempre, no relento, clamando



Pois junto ao vosso clamor, espero

Olhando atento tua face, as mãos, seguro

Quando teus olhos viam meus caminhos

Chegava eu junto a ti, em todo o tempo



Clavio J. Jacinto