Me leva

09 de Março de 2014 Olympio Ramos Poesias 288

Me leva...

Pra qualquer lugar distante,

Mesmo que a cada instante

Eu morra nos braços teus,

Mesmo que não venha a lua,

A flor não abra no campo

Tendo você me encanto

Feito menino me calo

Quando vem o acalanto


Me leva...

Para casa ou mesmo pra longe,

Aonde em cada esquina

Comece o sonho, querida

De olhos semicerrados

De ter você, o meu tudo

Em qualquer lugar do mundo


Nas montanhas do Tibet,

Nas planícies do mar morto

Nas ilha de Madagascar

Nos guetos, favelas, que importa?

Tendo você a meu lado

Eu transponho toda porta!


Para MC com todo amor do mundo


Cabo Frio, 09/03/14


Olympio Ramos

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A Morte Em Cartaz, Cap 1 há menos de 1 hora

Prólogo Periferia de Atlanta, Quinta-feira, 23hrs:17min Marion re...
lordemoura Acrósticos 6


Sociedade Desalmada há 1 hora

Sou um ser muito sensível... E ser sensível é horrível, no meio desta...
a_j_cardiais Poesias 25


LUSO-BRASILEIRO - Des-História Universal há 4 horas

LUSO-BRASILEIRO Assim como a cor d'olho não colore Aquilo que se tem ...
ricardoc Sonetos 6


Uma Tal Pedra há 21 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 24


Mundo da Gataria há 22 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 45


A história do amor há 22 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 35