Não sei onde eu deixei a timidez
Que um dia desenhava o meu caráter.
Não sei por onde eu fui
Que eu acabei esquecendo o medo
Que me assombrava pelos vales da vida.

Perdi. Perdi muitas coisas aliás.
Pessoas, objetos, sentimentos, valores...
Senti falta. Hoje não sinto mais.
O vento me levou em direção da vida
De uma vida nova.

Desejei perder as lembranças,
Mas foi mais fácil perder o esquecimento.
Esquecimento perdido? Onde estará agora?
Não onde perdi as dores das lembranças
Que me ensinaram a viver um dia...