Por que eu sempre pago pelos mesmo pecados, meu Deus?
Por que eu sempre erro?
É nestas horas que eu gostaria de ver Deus
Eu acreditei, eu confiei no destino
Mas ele não me respondeu.

Eu não só perdi a batalha,
Mas também perdi a guerra.
Meu destino é perder, fracassar,
errar e para que depois simplesmente morrer?
Eu só queria não acreditar nisto...

Nem um último adeus eu recebi,
Nem mesmo uma última palavra.
Novamente eu irei cair
no abismo do abandono e da solidão.