A espera de um sinal de tempo
Tempo, eu confio minhas esperanças em tu
Eu simplesmente perdi a minha vida
Na profunda escuridão das profundezas do amor
Mas, eu esqueci de morrer.
A consciência bate em minha porta
Eu estou triste, amanhã poderei estar mais
Digerir palavras duras demais só para te poupar
Poupar do sofrimento e da ira
Eu sofri por você,
Eu chorei por você,
Eu sangrei por você,
Mas tudo foi em vão.
Não negarei que eu preciso de você
Sinto-me longe do inferno, distante de você
Foi um certo alguém que se foi
Mas, nunca me disse adeus.
Uma última palavra, uma última lágrima
Eu já estarei distante demais.