O amor esqueceu-se de mim.
Me iludiu e foi-se embora
Deixando para trás os seus rastros
Os rastros de desilução.

Amei, amo e continuo amando
Dei a minha vida, meu sangue, minha alma
Mas, nada o contentou
E geral uma certa teimosia

Teimosia de correr atrás
Mesmo sabendo que nada adiantará
A teimosia da humilhação própria
Rastejando pelo chão a procura de cura

Cura. Cura para as cicatrizes.
As cicatrizes são os rastros da desilução
Causada pelo amor que um dia se esqueceu de mim
Me iludiu e foi-se embora.