Cada Estrela

12 de Abril de 2014 Mirian F. Poesias 241

Talvez eu vá contar cada estrela,
Talvez eu conte cada grão de areia,
ou posso simplesmente esperar...
Ter a doce esperança que um dia alguém possa me encontrar, me perdoar, me salvar.
Arrancar-me das profundezas.
Tirar essa angustia... Essa tristeza.
Á como queria ter tido essa oportunidade,
Ver o sol de todos os dias com aquela luminosidade.
Quem dera eu ter um momento de paz,
Acreditar em sonhos nunca é demais...
Por enquanto vou ficar aqui,
Esperando você acorda e sorrir para mim,
Sentar ao meu lado e contar cada estrela,
Cada grão de areia...


Leia também
Uma Tal Pedra há 9 horas

No meio do caminho de muitas famílias, agora tem uma pedra... Tem uma...
a_j_cardiais Poesias 22


Mundo da Gataria há 10 horas

Gato criado com mordomia, não conhece o mundo da gataria. Não sobe nos...
a_j_cardiais Infantil 41


A história do amor há 10 horas

A história do amor O amor sempre existiu Em muitas formas Em várias ...
pfantonio Poesias 28


AFRO-AMERICANO - Des-História Universal há 11 horas

AFRO-AMERICANO Terra da Liberdade, a Norte-América Tornou republicana ...
ricardoc Sonetos 5


"Primeiro encontro" há 15 horas

Olha, te recordas da primeira vez que eu te vi? não foi só pra me distr...
joaodasneves Mensagens 7


John Owen - Hebreus 1 - Versos 4 e 5 – P3 há 22 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 9