Há quem diga que deixar de amar é algo normal, pra mim não, pra mim é desgastante, é cruel, é sofrido. Desamar não é como comprar um chiclete, e na primeira mascada não gostar e jogar fora, não é! Desamar é algo complexo, não deixamos de amar de uma hora pra outra, quem fala isso é quem nunca amou, n-u-n-c-a. Desamar é como perder uma coisa favorita e depois chorar, na esperança de que algum dia ela volte.