Poesia, faz parte da arte.

É o escrever de loucos e ler dos ouvidos.

É arte, sem parte!

Mas pequena.

Como ela só um poêma.


Atarracada, umida, quente, bem  fertil.

Desbeiçada, infiel ou amante cruel.

Sabe parir idéias no leitor.

Desfigura as imagens de consumidor.


Não, não é industrial.

Não não é!

O que ela é?

É comunicação as avessas.


A poesia é criptografia.

Mas não tem chave.

Ela é para ser aberta, não lida!

É uma semente em plena mutação.

Querendo mentes pra futura gestação.