Vem...

14 de Maio de 2014 Saulo Alves Falcão Poesias 293

Vem, me acompanha, me ajuda a reconhecer o nosso cheiro do inédito, me acompanha a errar. Me ajuda a jogar as preocupações e problemas pro espaço, sem temer que eles vençam a gravidade e voltem a cair sobre nossas cabeças. Me acompanha a mergulhar nesse amor que não está nem na metade. Me ajuda a seguir firme na direção de nossos olhares compartilhados. Me ajuda a ser NÓS.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A rua me aceita como sou há 2 horas

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 30


Não seja superficial há 3 horas

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 36


"Dia do amor" há 5 horas

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 12


"Estou triste" há 13 horas

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 13


"Estou cá a matutar" há 13 horas

Esses dias ando meio triste muito confuso, ando a querer isolar-me, f...
joaodasneves Pensamentos 9


A Humildade nos Cai Bem há 18 horas

Se o domínio total é do Senhor, porque o poder pertence a ele, isto dever...
kuryos Artigos 9