Há um passo da felicidade
Procuro teu rosto
E nada encontro
Entro em desespero
Volto-me para o medo
E o que parecia tão bem
Nada hoje é do que passado
Dores de um coração maltratado
Pois ele te ama...
Caminhei nos vales escuros
Lutei guerras que não eram minhas
A cada instante me superava
Vencia a dor
Desvendava o amor,
No fim descobri que ele era simples
Tudo era mais complicado que sua essência
Inclusive você que correu tanto de mim
Só não entendo o por que
Hoje está sozinha assim...
Droga eu te amo
Engula teu orgulho e me aceite
Abra os teus olhos e veja
Sou o único que ainda esta aqui
Não tenha das suas amigas inveja...
Meu mundo é composto de milhões de coisas
Mas você é o centro de tudo
O eixo que dá sentido a minha vida
Tão doce amarga princesa querida...

Eu te amo.