O que fica de tudo:

27 de Maio de 2014 Saulo Alves Falcão Poesias 220

Mas é isso que fica de tudo: Nunca vamos esquecer dos dias em que corrermos na chuva. Dos dias em que choramos como se todos os problemas fosse se acabar, assim como as lágrimas. Nunca vamos esquecer do dia em que demos risadas até ficar com a barriga doendo e nem das vezes em que brigamos por nada. Não vamos nos esquecer dos dias em que acordamos decididos a mudar tudo e acabamos resolvendo nada, dos dias em que tomamos decisões e nos arrependemos logo depois. Nunca vamos esquecer dos dias em que gritamos e não fomos sequer ouvidos. Nunca vamos nos esquecer dos nossos encontros, nem dos nossos desencontros. Não vamos esquecer da nossa despedida, até por que não foi um adeus, mas sim um até breve.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
" Amar é" há menos de 1 hora

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 4


PAU DE FITAS há 5 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 3


Falta de Amor ao Próximo há 10 horas

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 31


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 10 horas

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8


A Origem e a Razão de Ser de Tudo há 15 horas

Deus não criou todas as coisas para depois intentar formar uma Igreja. Ao...
kuryos Artigos 16