Com o dia cheio de melancolia.

Que amarga o meu peito.

Minhas lagrimas salgam minha poesia.

Meus pequenos defeitos.

Trago dor, trago amor.

Trago a fumaça desse mundo.

Trago memórias de sonhador.

Pensamentos sujismundo.

Eu sou um pecador.

Aprendo com as minhas falhas.

Guardo suspiros e rancor.

Cicatrizes de batalhas.

EXTRA! EXTRA!

Eis a noticia que me dominou.

O ultimo guerreiro que resta.

Não sei se meu coração presta.

Não sei mais quem eu sou.