É tanta falação e explicaçãoPara tentar demonstrarO que é a salvação.Mas por mais que se fale,Sobre o evangelho da verdade,Jamais poderemos saber,Enquanto estivermos nesse corpo,Qual é de Cristo a profundidade.Como poderia o finito,Apreender o Infinito?Fiquemos satisfeitos por saberQue fomos aceitos e transformados,E que um dia conheceremosQual é o pleno significado.Quantas coisas,Realidades espirituais escondidas,E quanto crescimento para ser feitoNo rumo do que é perfeito.Uma miríade de detalhes.Todavia sempre conheceremosDe modo muito imperfeito,Conforme o dizer do apóstolo.Conhecemos em parte,E não podemos ir além disto,No apreender a Cristo.Mas, embora o conhecimento seja imperfeito,É possível estar plenamente satisfeito.Porque há uma grande certeza da esperançaDe que um dia chegaremos a conhecerDo mesmo modo como somos conhecidos.Há uma caminhada em voga em crescimento,Rumo àquilo que é perfeito.E quantas transformações experimentadas,Quantas bênçãos recebidas,Quanta carnalidade abandonada,Para um andar verdadeiro no espírito!E tudo isto temos recebidoEm nossa associação com Cristo.Que bom que Ele seja profundidade,Porque teremos toda uma eternidade,Para mergulhar e desfrutarDestas águas vivas de bondade,Que jamais terminam,E que fluem do tronoDa graça do Senhor,Com infinito amor.