Como Pagaremos

03 de Junho de 2014 Silvio Dutra Poesias 232

Bendize, ó minha alma,ao Senhor,e não te esqueçasde nenhum dos seus benefícios.Sl 103.2Não há como pagartão grandes benefícios,mas se impõe a nóso dever da gratidãopermanentebendizendo ao Senhor.Por Sua exclusiva bondadeo Senhor nos conduzao verdadeiro arrependimento,pelo qual podemosnos converterdas trevas para a luz,e andarmosnos Seus caminhos,que são caminhosde alegria e de paz.Ele nos impõeo dever do arrependimentomas não está em nóso poder para nos arrependermos.É Jesus que produz em nóso santo desejode buscar a Deuscom um coração contrito.E não há como pagartão grande benefíciode um Deus perfeitamente amoroso,bom, gracioso, justo,misericordioso e poderoso.Podemos somentetributar-lhe a honraque lhe é devidaLhe servindo fielmenteBuscando a retidão divinatendo fome e sede da justiça.


Leia também
Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P3 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por S...
kuryos Artigos 4


Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P2 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio...
kuryos Artigos 5


Hebreus 2 - Versos 5 a 9 – P1 há menos de 1 hora

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por S...
kuryos Artigos 6


"Mil vezes maldita" há 6 horas

Maldita, mil vezes maldita solidão Todas as noites invades meu coracão ...
joaodasneves Mensagens 4


"Deixem passar" há 6 horas

Deixem passar quem vai na sua estrada Deixem passar, quem quer andar Quem...
joaodasneves Poesias 6


"Se tu fosses" há 6 horas

Se tu fosses a minha mais bela flor Prometo todas as manhas regala com meu...
joaodasneves Poesias 6