Liberdade

03 de Junho de 2014 NOËL SEMOG Poesias 241

LIBERDADE

Hoje acordei contente
Levantei, lavei o rosto,
Olhei o sol, o horizonte,
No mês de agosto
Sorri para o mundo
Como qualquer monarca
Qualquer vagabundo

Respirei, olhei para a cidade,
Pensei nos melhores lugares
Senti a liberdade
Senti o vento
Sentei no canto do quarto
E numa viagem no tempo
Fui ao meu encontro


Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 13


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 11


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 14


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 12


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11