Curado para Sempre

03 de Junho de 2014 Silvio Dutra Poesias 180

Lá naquele quarto de hospital,na agonia de uma doença terminal,alguém dizia que era tarde demais,porque ela nada mais entendia.Aproximei-me a passos lentos,comovido e de modo reverente,pois sabia que tinha à minha frente,o próprio Jesus indo à doente.Convicto de que o Espírito pode falaraté mesmo quando alguém estáem coma profundo, reclinei-meà altura do seu ouvido e lhe disseque havia cura para o seu espíritopela simples fé em Jesus Cristo.Que Ele estava ali para recebê-laem Seus braços para a vida eterna.Pedi que levantasse a mão direita,onde já não havia força naturalque pudesse- erguê-la, como sinal,de que se entregava a Jesuspara ser Seu eterno Senhor e Salvador.Com um suave sorriso em sua face,voltou seus olhos na direção dos meuse com prontidão de ânimo levantounão apenas a mão como também o braço.Seu corpo frágil expirou, mas seu espíritofoi curado, renovado... regenerado.Foi levado pelas mãos de Cristopara a sua mansão na glória,onde estará curado para sempresem o risco de voltar a ser enfermado.


Leia também
"Naveguei" há 6 horas

Naveguei entre mares, e tempestades, ninguém me acompanhou, Meu sofriment...
joaodasneves Poesias 11


O Importante no Poema há 8 horas

O importante no poema, é que ele voe, mesmo não tendo nascido para voa...
a_j_cardiais Poesias 29


LUTA ARMADA há 1 dia

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 8


Paz Celestial há 2 dias

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 18


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 2 dias

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 63


Poema Suado há 2 dias

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 51