Começo a sentir desejo de casa nova
Daquelas que guardam apenas um amor
Daquelas de vestir de luz o dia
Cobrir de carinho canteiro e flor
Esperar chegar a noite
E ser teu namorado mais uma vez
Levar você pra passear na terra nua
Que ainda não conhece nossos pés
E naquele canto do canteiro
Voltar a me dizer quem és
Toda noite, um dia inteiro
Guardar apenas nosso amor.

Começo a sentir desejo de você
Em nossa casa nova iluminada
Daquelas de vestir nossas roupas por tirar
Cobrir de carinho nossa chegada
Esperar o dia adormecer
E bocejar o sol que sorri alto
Levar você pra passear na rua
Só pra desejar voltar logo
E te fazer nua por inteiro
Me diz se é nosso esse canteiro
Todo o dia, toda noite
Plantar flor, desfolhar amor.

Vicente Motta Prates