A Flor Esquecida

05 de Junho de 2014 Elias Lima Poesias 1107

Ela é uma flor.

Está sempre lá.

No jardim.



Todos passam por ela.

Ninguém a vê.

Todos estão com pressa.

Ninguém enxerga sua beleza.



Mas eis que a vem chuva forte e arranca-a violentamente de
sua raiz.

E então ela se vai, na enxurrada.

Ninguém a viu.

Ninguém percebeu sua tristeza.

Ninguém a tocou ou disse a ela como era linda ou como
enfeitava tão perfeitamente o jardim.

Ninguém.

Ninguém.



Ahh, doce e meiga flor,

Você nunca esteve sozinha todo esse tempo...


Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Oração ao Anjo da Guarda… há 1 hora

A fé é algo que aprendemos desde pequenos. Eis a importância de mostrarm...
anjoeros Poesias 5


O Xis da Questão há 2 horas

Não gosto de rimas forçadas. Apesar de que às vezes é preciso, para...
a_j_cardiais Sonetos 16


Seguir em frente... há 2 horas

Seguir em frente. Olhos altivos para seguir adiante. Celebrar as vitória...
anjoeros Poesias 5


Seguir em frente... há 2 horas

Seguir em frente. Olhos altivos para seguir adiante. Celebrar as vitória...
anjoeros Poesias 5


Visão Magmática há 2 horas

Os lobos espreitam escondidos... Como não dou ouvidos, mastigo meus text...
a_j_cardiais Poesias 24


Café da manhã e poema de amor... há 2 horas

Continuo esperando a sua visita à minha página Anjo Eros: Sensualidade e ...
anjoeros Poesias 5